terça-feira, 26 de abril de 2016

A Cura


 Nem toda dor se transformará numa bela música, nem toda música representará a dor. Se seus olhos pudessem mostrar o que há por dentro, mostrariam que por trás desses olhos azuis existem longas trajetórias de dor e insensibilidade, que foi se formando ao longo dos anos. A empatia se perdeu há muito tempo, não sabe mais lidar com sentimentos alheios, os abraços te incomodam, são frios e o sorriso faz parte do papel.