quarta-feira, 17 de junho de 2015

Relatos de Um Homem Apaixonado




Não pretendia perder o apetite, não pretendia perder também o sono, gostaria de saborear um jantar ao seu lado, acordar no meio da noite pra sentir sua respiração cansada, acariciar o seu rosto e suspirar o quanto te desejo. Não posso deixar de querer "é improvável é impossível", assim como dizia aquela música que dançávamos sem um ritmo, sem ser feita pra dançar. Talvez, isso passe a ser apenas um desabafo de um homem apaixonado.