sábado, 27 de dezembro de 2014

O que você prometeu?




A cada final de ano ouvimos promessas novas, eu ainda estou a cumprir as velhas. Sabe como é, nem tudo sai como você quer e se faz muita promessa para apenas um ano, o ano não é tão longo, ontem mesmo era março, meu aniversário, aquele que passei sentado na frente do computador respondendo os recados das redes sociais, não que eu não goste, é que preciso de mais diversão. Talvez essa seja a promessa perfeita, me divertir mais, me preocupar menos com dinheiro, seriamos melhores se não dependêssemos tanto dele.

As festas de finais de ano estão cada vez mais pacatas, não é querendo ser "o velho" mas tudo mudou muito, lembro-me de ir em festas de pessoas que nem conhecia e era tratado muito bem, hoje, não é a mesma coisa, se não der um ajuda você é quase excluído. Tudo hoje em dia está girando em " dar para receber", estamos cada vez mais egoístas, pensando apenas em nós. Ajudar ao próximo, Seria essa também uma boa promessa?

O materialismo afetou a cabeça de todos, não fazemos promessas que não sejam algo que nos beneficia. Não estou dizendo para se importar apenas com os outros, mas sim, saber olhar ao próximo, buscar não só o material, uma melhoria social, mas uma melhora sentimental, espiritual.

Tentar mudar o pensamento, os conceitos, livrar dos preconceitos, ler mais, ajudar mais, fazer sem esperar nada em troca, em outras palavras, fazer o bem. Fazendo o bem, pensando positivo, amar mais o que você tem e a você mesmo ira atrair coisas boas, "pensamento positivo atrai coisas positivas", e o inverso também. Por isso, tente se livrar dos pensamentos ruins.

Espero que o ano chegue muito bem, minhas promessas estão feitas, e são as que posso cumprir, e  ainda tem bem mais. Neste ano que está passando, aprendi muitas coisas, e espero aprender bem mais. E um conselho eu vos deixo (além desses), sigam seus instintos, comemore mais, ame mais, viva sua família, amigos, os verdadeiros amigos, peça perdão, perdoe, permita-se errar, julgue (se) menos, pense em você, pense nos outros, curta sem se preocupar, não exagere, não se prenda, dê carinho, dê presente, se presentei, corra, se exercite, leia, escreva (me obrigue a escrever), pinte, ame, chore... Faça tudo que tem que fazer, e como dizia um amigo meu, VIVA INTENSAMENTE. 

Um feliz ano novo.



terça-feira, 2 de setembro de 2014

Músicas para esquentar o seu "Sex Time"


A maior parte das pessoas sabem que a trilha sonora pode fazer toda a diferença quando o clima esquenta, pensando nisso eu trouxe para vocês música que vão esquentar essa relação, ou deixar um clima mais romântico.Essa é a lista que fiz baseado na minha opinião. Então vamos!!





sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Quando começar a namorar?

Namoro é algo que devemos pensar muito antes de começar um, não é como escolher o doce na padaria. É sério, e pode ser duradouro. Você não quer se envolver, mas acaba se deparando com aquele pedido de namoro,  e está pensando em aceitar só porque a pessoa foi fofa e sabe que se não se entregar estará perdendo uma ótima pessoa, e mais, tem medo de magoa-la com seu "não" e perder um amigo (a) querido(a). É algo para pensar muito, já que para namorar não precisa estar necessariamente apaixonado.

Então, como saber a hora certa de namorar? 


Não é tão simples. Pensando nisso, separei cinco dicas para te ajudar nesse momento difícil. Não se aplica a todos,

 

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Abajur Ligado, Poema iluminado



Noite fria de agosto, nem mesmo o chá quente pode me esquentar, apenas tua presença, o teu sorriso bobo nos lábios. O que resta, é apenas uma foto para lembrar, aquela que está no mural que dediquei a ti. O canto que te dediquei, onde lá, você pode estar. E estará.

Nossos corpos são como pedra e madeira, riscando e caindo faísca no papel para o fogo ser criado. O nosso fogo. O mesmo que nos faz esquentar todas as noites. O mesmo fogo que deixa fumaça indicando o momento da união. O nosso incêndio, iluminando mais que o abajur do quarto, o mesmo abajur que ilumina as letras do meu poema, aquele poema que fiz pra te conquistar. Os que sempre faço, para que nosso amor não se vá.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O Pirata Barba Ruiva



 Não estou mal, nem bem. Me sinto estranho, meio que sem rumo, o mundo caiu agora, acabei de perceber o quanto minha atitude foi ridícula. Deveria ter pensado bem. Demorarei dias para superar, ou até meses. Não sei. Não sei o quão demorado será. Estou triste, angustiado. Diversos sentimentos ruins.

domingo, 10 de agosto de 2014

Domingo


O cheiro de café que invade  meu quarto nessa manhã, me fez acordar. Domingo é o dia mundial da família reunida, dos namorados, da preguiça e da ressaca. Quem se atrever a ir contra, será morto. Não será morto, mas será excluído, e tenho dito! Não é querendo praticar bullying, mas é necessário. As pessoas devem aprender a viver. Domingo é domingo.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

5 passos para superar seu ex


Estou começando uma coluna no blog, dependendo de como repercutir, ela ficará fixa. (Ainda não terá dias fixos, mas me programarei). E o tema de hoje será esse, fiz uma lista de cinco possíveis passos.




1. Parar de mostrar tristeza ou alegria demasiada nas redes sociais


Esse passo é o mas importante da lista, pois, hoje em dias as pessoas "enfacebookaram" as coisas, tudo praticamente gira em torno da rede social. As pessoas costumam postar esse tipo de coisa pra dizer que está bem ou que está sofrendo muito, apenas para chamar atenção, quase querendo que o Ex volte ou alguém peça para dar uns beijos, só que na verdade as pessoas ficam apenas com dó ou te acham um idiota. Por isso, tente evitar mostrar que está sempre bem, ou postar aqueles textos melosos demais.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Ressaca a primeira vista



As vezes não dá para acreditar ou aceitar que exista amor a primeira vista, talvez na segunda, na terceira, ou até na quarta. Não na primeira. Só que na segunda vista, você percebe que foi amor na primeira... Ou na terceira, não sei.

Eu não acreditava em amor a primeira vista, mas sim em uma atração muito forte, como uma paixão, que ia se tornando amor através dos tempos, e quando você está muito feliz, você então compreende, olha para o início e percebe que foi sim, amor a primeira vista. Ou não.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Sexta-Feira, dia da álcool-estima




Sexta-feira, o famoso dia da " felicidade sem motivo". O dia em que as pessoas esperam ansiosas para saírem das suas prisões assalariadas e tomar doses de felicidade, é o que chamamos de tequila. Ou a boa e velha cerveja.

A cerveja, mesmo tendo uma relação de ódio e amor, eu ainda não me recuso a tomá-la. O sabor não é das melhores, só que, sempre cai bem nos dias de calor, ou em qualquer dia. Não sou um botequim de primeira, sou um apreciador. Gosto de chamar assim. As vezes esse tipo de gosto vem de família. Somos apreciadores. Bêbados, alcoólatras? Jamais!

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Luz



Um abraço.. um abraço é o que me conforta, o que me traz paz, e me faz esquecer de tudo, como se meu mundo parasse, como se ele fosse você. Ou talvez seja o meu sol, e meu mundo girasse em torno de ti para receber o calor e a luz que emite. É o que me traz energia e vontade para sentir sempre seu corpo junto a mim.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Cartas à Nathália.


Para: Nathália Barbosa D.



Queria tanto você em casa, sempre espero seu telefonema. Nunca recebo. Você não costuma medir seu amor com números de ligações. Seu defeito não é preocupante. Você nunca mudou por mim, só que evoluímos juntos. Como nos filmes.

O amor há um tempo atrás te deixou frio, eu sei. Sei também que você sente minha falta, mas finge não sentir. Você é orgulhosa demais para assumir.

Já tentou por diversas vezes se guardar e não se abrir, até que um dia me encontrou. Eu senti algo entre nós, você me conquistou. E eu a você. Hoje percebo que somos tudo um para o outro. Compartilhamos nossos sonhos, nossos medos, felicidades e angustias. Somos um casal. Um casal... isso pra você ainda soa estranho? Logo você que prometeu não mais amar.

Fogueira

 
 
 
 

 O amor é assim como fogueira,
 quando amando deixa a fumaça pra ficar visível e o brilho do fogo. 

Mas quando apagado, pode não acender, 
você pode até tentar, 

terça-feira, 18 de março de 2014

Odeio SP


São Paulo, nasci e vivo aqui há 22 anos, Tempo suficiente pra saber se você ama ou odeia algo.

A Cidade que dizem que não existe amor, e sim, eu confirmo isso, não existe mais amor em SP. Talvez, também seja um ódio repentino, porque costumava amar minha cidade, meu estado nem tanto, mas respeitava. Pra mim, existem lugares em São Paulo que são "invisitáveis", como a Rua Augusta por exemplo, um dos lugares que não me sinto bem.. Um lugar que me sinto muitas vezes sujo. Uma sensação que não se explica.

Hoje vejo que vivi em meio a uma “ilusão”, por antes ter várias coisas pra se fazer e hoje não muito. As mulheres não são como antes, os homens muito menos. As pessoas não se respeitam mais, vivem em pecado, traindo a si mesmo.. Não sou um fanático religioso, na verdade eu não sou uma boa pessoa pra falar em pecado, porque vivo em um purgatório.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Minha Primeira Vez




A primeira vez eu nunca irei esquecer. Aquele lugar mágico, onde eu sempre quis ir. Fazia muito tempo que estava com vontade, só que me faltava oportunidade.

Certo dia, uma amiga de infância me fez a proposta tentadora, já era hora e não tinha como fugir. Todos os meus amigos já tinham ido e diziam que era muito bom, que eu precisava experimentar, que era uma sensação única. Eu não poderia ficar pra trás, não poderia ficar mais fazendo o "solitário" em casa, estava na hora de fazer do jeito certo.

Aceitei seu convite, pra minha surpresa ela incluiu mais duas amigas.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Funeral for my mind



O seu nome é dito, e em minha cabeça começa a canção do Réquiem. Imagino minha morte. Tento me livrar, mas as pessoas em minha volta estão fixadas e esperançosas. Como se esperassem isso o ano todo, querem saber como irá acabar, quem vai sobrar.  Por outro lado, tem os que odeiam e acham que é tudo enganação. Continuo morrendo.

Estou dividido entre dois lados: Aceitar e ver minha mente morrer,

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Promessa


O ano novo chegou e me trouxe as mesmas coisas do velho, resolvi fazer um trato com ele, não iria mais prometer nada, a única coisa que iria prometer seria: cumprir tudo o que não pude ao longo dos anos. Essa foi minha promessa. Pretendo cumprir.

Os anos passaram e sinto o amadurecimento, meu corpo envelhecendo. Nem mesmo meu espírito jovem quer muito se manifestar. Não serei o chaves da vida real. Estou envelhecendo e isso é um fato. Talvez seja a crise dos Vinte e poucos anos.

Não te direi que o futuro não me assusta,

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Rede Social





As fotografias perderam o sentido, os álbuns de família estão expostos para o mundo todo. A essência do momento se foi, a saudade ao vê-las não são as mesmas.

A tecnologia simplificou as coisas, ao mesmo tempo matou outras. As mais simples. Jogamos fora como se fosse nada. São elas as lembranças, a sua máquina do tempo que irá se perder a cada atualização diária